História do Grafeno

Primeiramente, em 1947 o físico Philip Russel Wallace descobriu e estudou os princípios do material. Apesar disso, só em 1962 os químicos alemães Ulrich Hofmann e Hanns-Peter Boehm batizaram o composto. O nome dado foi resultado da junção das palavras “grafite” e o sufixo “-eno”. Até 2004, o grafeno era conhecido apenas pela comunidade científica. Os cientistas Konstantin Novoselov (russo-britânico) e Andre Geim (russo-holandês), ambos da Inglaterra, mudaram isso. Na época, os dois resolveram testar o potencial do grafeno como transistor, uma alternativa ao silício usado em semicondutores.

Seus estudos tornaram o material cada vez mais fino, até chegar à espessura de um átomo. Apesar disso, a estrutura não teve sua condutividade danificada. A descoberta rendeu aos cientistas, seis anos depois, o Prêmio Nobel de Física. Só em 2010, foram publicados cerca de 3.000 estudos que comprovam os recursos aparentemente ilimitados do componente.

O Grafeno é um nano material de forma hexagonal de átomos de carbono, um dos materiais mais fortes e leves do mundo tido como 200 vezes mais resistente que o aço, material mais fino que existe, entre outras propriedades. Possui alta resistência, maleabilidade entre outros benefícios.

Recentemente nossa empresa teve o prazer de participar da primeira feira do Grafeno em Caxias do sul com a presença do nosso Presidente Jair Bolsonaro. Nossa empresa é pioneira no Vergalhão de Grafeno no Brasil e no mundo.



Quem somos

A VerGraf nasce no ano de 2021 com o conselho de diretores e sócios, Manoel Matias Neto, Rodezio Valim, Sylvio Moretti e Volmei Evadt, juntos produziram o primeiro vergalhão fibra de vidro com GRAFENO do Brasil e do mundo com nanotecnologia.

Sendo assim ele se torna um produto mais forte e leve que o aço, trazendo qualidade e sustentabilidade com produtos 100% Brasileiros.

Características do produto

  • Mais resistente e leve que aço 
  • Resistente à corrosão e produtos químicos
  • Baixa condutividade térmica
  • Sem condutividade elétrica
  • Baixo esforço de movimentação
  • Menor custo com logística
  • Alta resistência a tração
  • Alta resistência a fadiga
  • Elevada durabilidade
  • Menor desperdício em obra
  • Coeficiente de dilatação térmica similar ao concreto
  • Economia de mais de 20% em relação ao aço

 

Proporcionar aos clientes satisfação e lucro ao utilizar nossos produtos, com excelência, inovação e sustentabilidade ambiental.

Ser referência em inovação de produtos, processos, negócios e em nanotecnologia.

Honestidade, comprometimento, ética, inovação, excelência e resiliência.